sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Sobre a Suruba do dia 22/02

No próximo dia 22 de Fevereiro vai rolar a primeira suruba do blog SEGREDOS G UDIA E do grupo de sexo SECRET CLUB; onde algumas pessoas acharam injusto o perfil que limitamos para essa suruba, então agora vamos esclarecer algumas coisas.
O Secret Club surgiu da necessidade de uma "pegada certa" de sexo onde você pudesse ir sabendo que encontraria um publico bacana, bonito, sem frescura, o grupo realizará festas de sexo com um perfil jovem bacana e pronto pra sacanagem, cada festa terá seu perfil de publico especifico.
Nessa primeira festa o perfil foi escolhido a partir do resultados dos formulários preenchido pelos membros cadastrados no club, foram mais de 340 pessoas de diferentes tipos onde 81% dos membros preferem parceiros com perfil magro, 77.2% Também preferem parceiros sarado. 77.7% preferem parceiros entre 18 á 30a, de acordo com esses resultados criamos o perfil de nossa primeira suruba, onde foi analisado de acordo com o gosto da maioria dos membros.

Veja abaixo os resultados mais detalhados:


Dos membros cadastrados no blog 
6,5% são sarados (24 pessoas)
 24,5% são magros (90 pessoas)
51,4% Tem físico normal (189 pessoas)
4,9% São gordos (18 pessoas)
10,3% Acima do peso (38 pessoas)



TODOS ESSES ITENS, PRINCIPALMENTE NO SE REFEREM A 'BELEZA' SÃO RELATIVOS: SOMOS ECLÉTICOS, O QUE NÃO SIGNIFICA QUE NÃO TEMOS UM PERFIL QUE SERÁ SEGUIDOS EM TODAS AS FESTA.

VEZES OS ITENS SÃO AVALIADOS DE FORMA CONJUNTA, VEZES SEPARADAMENTE.
Nosso objetivo não é criar o paraíso da perfeição, mas sim um espaço onde possamos juntar galera diversa, porém bacana em que todos se sintam atraídos por todos ou pela maior parte deles pelo menos.

Por isso realizamos festas fechadas, para que você possa vir não achando que encontrará uma seleção de modelos, mas um local com gente muito interessante que está disposta a muita curtição e que também TE deixará disposto a essa curtição de forma natural.

Curtiu? então cola com agente nesse suruba, se liga ai




quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

1ª Suruba Oficial do Blog

Olá galerinha, no próximo dia 22 de fevereiro, segunda feira, vai rola a primeira suruba oficial do blog SEGREDOS G UDIA e SECRET CLUB para os cadastrados e selecionados, cola com agente, já são mais de 380 cadastrados e apenas algumas vagas para essa edição,  se você já é cadastrados e estiver enquadrado dentro do perfil da suruba é só entrar em contato pelo whatsapp e pegar mais informações de como adquirir seu convite, se ainda não é cadastrado preencha esse formulário  e entre em contato pelo whatsapp.


terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Carnaval na Sauna Up

Eai galera,
Esse Ano a Up Club está com uma mega programação de carnaval, pra fazer o primeiro carnaval da cena gay mais comentados de  Uberlândia.
A Programação inicia no dia 05 de fevereiro e vai até o dia 09
Se Liga ai:

Sexta (05/02)- Fetiche

Sábado (06/02)- Carnasuruba (Open Bar)

Domingo (07/02)- Baile dos Dotados

Segunda (08/02)- Dia da Cueca Vermelha

Terça (09/02)- Splash

E o melhor é que você pode economizar comprando o combo pra ir todos os dias e farrear muito:


Se liga ai na chamada de carnaval da Up Club





segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

#AMelhorPegaçãodaMinhaVida! Humilhado e Fodido

Enviado por: arnsan2015@outlook.com

Tenho uma tara que cultivo há muito tempo. Gosto de ser capacho de muleque. Como viajo muito, em geral eu me hospedo em hotéis e entro nas salas de bate-papo para encontrar o que procuro. Tenho 49 anos, 175 alt 73 kg, branco, olhos verdes. Gosto de muleques que curtem esculachar comigo. Gosto de apanhar, de levar mijão na boca, de ser cuspido, esporrado e agora - recentemente - adquiri o hábito de lamber pé sujo de muleque que anda descalço o dia inteiro.
A história que vou contar ocorreu em fevereiro de 2015 no Rio de Janeiro. Entrei numa sala de bate-papo e conheci um cara de uns 25-26 anos que disse que adorava fazer um viado de capacho. Ele tinha uma pequena kitinete no bairro da Lapa, no centro do Rio. Contei-lhe sobre minha tara e ele me perguntou se eu não gostaria de ser humilhado por ele e mais uns amigos. Achei que era trote. Disse que sim mas meus compromissos profissionais só me possibilitariam participar dessa orgia depois das 18 horas.
Estava no escritório da empresa com a cabeça em outro lugar. Imaginando o que me aguardava. Terminado o expediente fui para o hotel, coloquei uma bermuda, chinelo havaiana e fui correndo para o endereço que ele me passou.
Chegando lá toquei o interfone e o cara demorou para atender. Achei que seria mais uma daqueles canos que a gente toma na internet. Finalmente ele atendeu ao interfone e me pediu para aguardar 3 minutos. Meu coração estava a mil.
Passou o tempo ele mesmo desceu para abrir a porta do prédio que não tinha porteiro. Me cumprimentou. Na subida (dois lances de escada), já foi me cuspindo na cara e me xingando de "verme, seu viado, puto, otário". Quando ele abre a porta da kitinete tinham 4 cafuçus, uns muleques meio rudes, meio marginais só de short. Aí ele me apresentou:
"Ai galera, esse é o Ricardo, que eu falei pra vocês que tinha conhecido na sala de bate papo. Ele gosta de ser capacho de muleque". Os caras já me botaram de joelho e eu fui sendo humilhado. Tapão na cara, cuspida gosmenta, nojenta, e começou uma sessão de humilhação. Lambi o pé deles, me obrigaram a deixar a sola do pé limpinha. Apanhei de havaiana na cara.
Eu tinha levado cerveja em lata que o meu anfitrião pediu. E os caras sentados no sofá pelados, assistindo porno e tomando cerveja enquanto o otário aqui ajoelhado e revezando as rolas na boca. E dá-lhe tapa na cara, cuspida.
Eu tava no êxtase.
Os lekes iam mijando numa garrafa de plástico para guardarem para depois. E eu ali ajoelhado e submetido a todo tipo de humilhação por cinco caras que não tinham o menor respeito por mim. Minha língua chegou a ficar áspera de lamber o pé sujo deles.
Eles não deixavam eu me masturbar. Fiquei no centro da sala e eles em volta batendo uma enquanto eu mamava um e outro e depois de um tempo começou a sessão de esporra. Os lekes, que deviam ter de 22 a 25 anos, com suas rolas entre 17 e 22 centimetros, começaram a gozar. No espaço de uns 5 minutos, acho que foi até menos, eles gozaram na minha cara.
Meu rosto ficou nojento de tanto esperma, cuspe e sujo de eles esfregarem o pé sujão no começo. Apesar da humilhação e de me fazerem sentir-se um bosta, adorei a experiência. Pedi para me lavar e a surpresa foi que eles só deixariam se eu tomasse pelo menos um copo daquela urina. Disse que não, mas não tive como fugir dessa obrigação. Consegui negociar com eles para pelo menos tomar o mijão com cerveja, o que eles foram legais de aceitar. Assim, tomei dos copos de cerveja misturada com mijão dos muleques.
No final, quando eu me preparava para ir embora, o anfitrião e os quatro lekes me obrigaram a limpar a sala e deixar tudo em ordem antes de ir. Ao terminar tudo, nos despedimos cada um a sua maneira, prevalecendo as ofensas e tapas na cara. Um deles, o mais marginalzinho, pediu para eu ajoelhar e soltou um peido na minha cara. Os outros gargalharam. Fui para o hotel me sentindo um bosta.

Curtiu? Esse viadinho está em Uberlândia, se quiser ter ele como capacho para você e amigos, o e-mail dele é arnsan2015@outlook.com

Participe! #AMelhorPegaçãodaMinhaVida! Envie sua historia para
segredosglsudia@gmail.com

sábado, 16 de janeiro de 2016

Truvada : O Remédio que pode previnir o hiv



O remédio não é novo: a dupla de compostos tenofovir e emtricitabina foi sintetizada pela primeira vez pelo laboratório Gilead em 2004, e já era usada desde então em conjunto com outros antirretrovirais para o tratamento de portadores do HIV em várias partes do mundo.

Um novo método atesta que tomar um comprimido por dia do tal remédio impede, de forma altamente eficaz, a soroconversão de quem não tem o vírus. É como uma camisinha em nível celular, que impede o vírus de se reproduzir em uma pessoa não portadora.

O estudo original que propôs a PrEP diária é chamado iPrEx e testou a eficácia do método com não portadores de HIV em seis países, incluindo o Brasil. o estudo contou com 2.499 voluntários de alto risco de contágio, homens e mulheres trans que fazem sexo com homens. Metade dessas pessoas receberam o Truvada, e a outra metade um placebo. Todos foram acompanhados com orientação psicológica e testes constantes para monitorar a saúde. O resultado foi bem animadores. Foram registrados resultados de até 99% entre os que tomaram diariamente o remédio.

Segundo os pesquisadores, durante esse período, nenhuma pessoa que tomou o medicamento pelo menos quatro vezes na semana contraiu o HIV. Além disso, usar o Truvada apenas duas ou três vezes por semana parece reduzir o risco da doença em comparação com ingerir a droga com menor frequência ou não seguir o tratamento.

Efeitos colaterais como tonturas, diarreias e dores de cabeça foram de fato registrados em alguns casos, sempre nas primeiras semanas de tratamento até o organismo se acostumar com o medicamento.

As pesquisas demonstram que a maior proteção do tratamento acontece com o uso diário da pílula e se o método for associado a outras medidas de segurança, principalmente o uso de preservativo.

Segundo o jornal “O Globo”, o Ministério da Saúde pretende incluir o Truvada à lista dos medicamentos distribuídos gratuitamente pelo SUS (Sistema Único de Saúde), no começo desse ano. O medicamento já foi aprovado pela Anvisa, mas ainda não foi incorporado no Brasil.
Ainda segundo “O Globo”, nenhum país do mundo inclui o Truvada em sua política pública de saúde. Nos Estados Unidos, na Tailândia e na Malásia, o uso do remédio já foi liberado, e o fármaco é vendido regularmente.

Vejam agora nesse vídeo como funciona a replicação do HIV no Corpo Humano e a ação dos
medicamentos Anti-Retrovirais








segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Próxima sexta tem "Sexta Sexy" na Up Club

Eai galerinha, nessa próxima sexta - feira do dia 15 de janeiro tem mais uma edição da sexta sexy, com aquele open bar pra deixa todo mundo bem solto e ainda com um show erótico ao vivo, então não perca tempo coloque já seu nome na lista pra pagar mais barato na entrada CLICANDO AQUI
Vem deixar sua sexta mais sexy na Up Club

quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Bunda de Homem

Gostando de homem ou de mulher, é fácil encontrar tarados por bundas por aí. Difícil achar hoje em dia quem não curte uma bunda gostosa de pegar, dar beijinho ou até morder! Seja qual for a preferência sexual do homem, a bunda é uma das nossas partes íntimas que sempre causa fascínio. Nossa fama no exterior é justamente fazer o mundo inteiro aprender a falar bunda! E ter uma bunda sexy é, com certeza, uma fantasia masculina, seja no sentido de possuir propriamente um belo traseiro, ou de ter nas mãos (ou etc.)
Os homens apostam nas calças justas, marcando a bunda para mostrá-la da forma mais sensual. Uma calça social ou de farda, costuma vestir muito bem um traseiro, ou qualquer outra com o gavião mais apertado.
Outros, além de já possuírem uma bundona, destacam-na ainda mais com roupas que não sabemos como entraram de tão apertadas, ou de tecidos transparentes mostrando a marca da cueca ou de que está sem.
E este exibicionismo de bunda vai além da escolha de um jeans apertado, shortinhos ou tapa-sexo. Nos bailes funk ou no requebra do axé, muitos homens curtem mesmo é dançar rebolando,descendo até o chão, empinando a bundinha e dando até tremidinha de cachorra...
Hoje vou postar um vídeo desse jeitinho pra você que curte, com muitas bundas, muitos treme-treme
O vídeo é da musica "Quero ver bumbum tremer" do cantor David Ricco



David Ricco  nasceu em Uberlândia no estúdio de Rudinei ( produtor musical do grupo kaçamba e d'corpo inteiro entre vários outros artistas ) atualmente lançou seu primeiro áudio pop funk oficial, a coreografia faz um review de parará tibum misturando o pop, o cantor tem como referência Anitta, Carol conka, Naldo, MC r1, Iggy ... David ricco vai lançar novos funks em breve ( dominadora - eh o proximo hit) na região! Seu produtor disse que há grandes possibilidades de sucesso pois não há ninguém em minas que está fazendo um trabalho nesse nivel, Olival Alves Neto é seu verdadeiro nome e vem de Uberaba, 24 anos de idade, estudou no conservatório da cidade e atualmente estuda canto lírico na UFU, participou de musicais, festivais de dança contemporânea e também gravou curtas. O artista diz que na sua área é necessário saber cantar dançar e atuar.